Nossos princípios

ORGANIZAÇÃO POPULAR AYMBERÊ

PRINCÍPIOS

Ação Direta

A ação direta se expressa quando nós mesmos realizamos a política, as lutas contra a dominação e a exploração. Sempre sem confiar no sistema burocrático e corrupto de assessores, vereadores, deputados, senadores, prefeitos, etc. e também sem associar os calendários de nossas lutas às agendas eleitorais. Portanto, não dependemos de políticos profissionais para fazerem as coisas por nós, não atuamos dentro das instâncias da democracia representativa e institucional, e nem das instâncias do Estado. Dependemos somente da nossa força e da nossa capacidade de organizar.

Solidariedade das Classes Oprimidas

Em oposição aos valores individualistas do capitalismo, sustentamos a solidariedade entre as classes oprimidas, que estimula a associação com outros membros dessas classes, tanto na resistência, quanto no próprio combate ao capitalismo. Isso deixa claro que, para nós, o capitalismo é uma sociedade de classes com uma luta de classes sempre presente. A solidariedade das classes oprimidas se torna real, primeiramente, quando uma pessoa se associa com outra para construir um movimento popular. Depois, quando um movimento popular se associa com outro para uma luta mais ampla. Os grupos oprimidos são muito diferentes e a solidariedade significa a união – entre diversos grupos, setores, categorias etc. –, buscando o apoio mútuo, sem dar mais importância a um ou outro grupo de oprimidos. É somente com a solidariedade entre todas as classes oprimidas que a sociedade poderá ser transformada.

Autonomia

Defendemos uma posição de autonomia em relação ao Estado, às instituições político-partidárias, sindicais e religiosas, pois devemos ter a possibilidade de tomar as decisões e agir por conta própria. Nesse sentido, a autonomia é a possibilidade de tratarmos de nossos próprios assuntos, independente de instituições e mecanismos da exploração e da dominação. Não devemos ser correia de transmissão de indivíduos, coletivos, grupos, organizações, partidos que queiram mandar em nós. Queremos gente que nos ajude na construção coletiva.

Democracia Direta

A democracia direta exige que os envolvidos participem diretamente no processo de decisões. São os próprios militantes que, reunidos em assembléia, discutem e tomam suas decisões, sem chefes ou lideranças descoladas da base. As assembléias são horizontais (igualitárias e não-hierárquicas), têm a participação de todos, e são o local em que se tomam todas as decisões. Isso significa que também defendemos a autogestão. Nas tomadas de decisão o consenso sempre é buscado, mas em caso de diferenças de ponto de vista, a votação é aceita, vencendo a maioria.

Protagonismo Popular

Defender o protagonismo popular significa aumentar permanentemente a força social das classes oprimidas por meio da organização para a luta contra a exploração e a dominação e para a construção de uma sociedade de igualdade e liberdade. Portanto, o protagonismo popular tem por objetivo criar um povo forte e capaz de conduzir sua própria emancipação. A idéia do protagonismo popular implica também uma coerência entre meios e fins e, assim, todos os meios (os processos de luta) devem ser condizentes com os fins (a derrubada do capitalismo e a construção de uma nova sociedade).

*          *          *

Ao organizar as lutas para o protagonismo popular por meio da ação direta, da solidariedade das classes oprimidas, da autonomia e da democracia direta, entendemos estar plantando hoje a semente da sociedade futura!

Fevereiro 2010

%d blogueiros gostam disto: