Policia Federal realiza mais uma prisão arbitraria na Bahia

Posted on 4 de junho de 2010 por

0


No dia 03 de junho, a PF da Bahia prendeu a liderança tupinambá Gliceria Amanayara Tupinambá, irmã do Babau. Gliceria acabara de retornar de Brasilia, onde participou da 13ª reuniao do CNPI e denunciou a violencia que seu povo vem sofrendo.

“Desde que a FUNAI iniciou o processo de demarcação da terra indígena Tupinambá as fazendas invasoras da terra indígena passaram a contratar pistoleiros, fazendeiros dos municípios de Ilhéus e Buerarema iniciaram campanhas difamatórias nas rádios e jornais locais, incitando a população regional contra os índios, o que resultou numa série de conflitos envolvendo pistoleiros, fazendeiros e indígenas. Como conseqüência da disputa pela posse da terra os Tupinambá respondem a uma série de inquéritos e processos criminais patrocinados pela Polícia Federal, numa estratégia clara de criminalização de sua luta legítima em defesa de seu território tradicional. Em decorrência dessa ofensiva de criminalização já estão presos os indígenas Rosivaldo (conhecido como cacique Babau) e Givaldo, irmãos de Glicéria que passa a ser terceira presa política Tupinambá.” [CIMI]

A liderança indigena Glicéria e seu filho de 2 meses foram levadas para uma delegacia da PF, que fica cerca de 200 quilometros da aldeia onde ela habita. Leia mais

Mais informações em:

http://www.indiosonline.org.br/novo/mais-uma-lideranca-tupinamba-presa/

http://www.indiosonline.org.br/novo/irma-do-cacique-babau-e-persa-em-ilheusba/

Anúncios
Posted in: Uncategorized